A Natureza Divertiu-se a Criar Estes 12 Animais Raros

MAY 15, 2020 AT 05:11 AM

104682

A natureza tem criado os mais espantosos e invulgares animais. Alguns são majestosos, outros adoráveis, enquanto outros são assustadoramente aterradores. Mas a natureza também tem um sentido de humor, o qual vos mostraremos aqui.

 

O pássaro Takahē

ADVERTISEMENT
Pássaro Takahē

macropicks

Este pássaro colorido estava considerado extinto, mas cientistas redescobriram-no na Nova Zelândia em 1948. Sem asas, este pássaro terrestre parece um ornamento de Natal feito de penas com um bico.

 

Sapo Africano

Sapo de boca pequena

markscherz / tumblr 

O sapo africado de boca pequena é conhecido pela sua aparência mal-humorada, sem dúvida porque tem uma boca minúscula que dificulta imenso a capacidade de comer. 

 

Penteado Estranho

Mini troll

National Geographic 

Um brusco choque no cabelo faz com que este inseto pareça um troll em miniatura. Apesar desta espécie ter sido apenas descoberta em 2012, eles já se tornaram os preferidos de muitos biólogos.

 

Peixe-Rei Bizarro

Peixe-Rei Bizarro

Prateik Kulkarni / wikimedia 

Esta espécie colorida de peixe-rei é bastante rara, um predador paciente que espera até que a sua presa esteja perto o suficiente para atraí-la numa emboscada. 

 

Inseto Tartaruga Dourada

Inseto Tartaruga Dourada

monomotive / reddit 

O inseto Tartaruga Dourada assemelha-se a uma joia em forma de tartaruga. Mudam de cor quando ameaçados, quando acasalam e quando envelhecem.

 

Pavão-Faisão Cinzento

Pavão-Faisão

trashzy / tumblr 

O Pavão Faisão Cinzento apresenta a mais magnificente plumagem. É interessante, este é também considerado o pássaro mais silencioso do mundo.

 

Satyr Tragopan

Satyr tragopan

Matěj Baťha / wikimedia 

Este espantoso pássaro é chamado pelo nome da sua espécie, em vez de pelo nome comum. O pescoço azul do Satyr Tragopan identifica-o como sendo o macho.

 

Ver através da lagarta

Lagarta de geleia

macropicks

Esta lagarta transparente é, por vezes, conhecida como a lagarta de geleia ou a lagarta de cristal. Como quer que decidas chamá-la, ela é absolutamente espantosa.

 

Parece um Presidente

Pássaro Presidente

animalplanet

Este pássaro impressionante tem uma expressão quase humana. Fazer criação é um desafio nesta espécie rara. Eles apenas conseguem pôr um ovo de cada vez e as crias raramente sobrevivem.

 

Macaco único

Macaco de cauda amarela

joelsartore

O macaco de cauda amarela encontra-se no Peru. Além das enormes parecenças a um animal embalsamado, é também muito inteligente e facilmente adaptável a novas situações.

 

Aranha Indiana

Aranha Espacial

Wikimedia Commons 

Esta aranha parece mais uma nave alienígena do que um inseto. Encontra-se na India e no Bangladesh, é tóxica para os humanos e esconde-se em florestas com bastante sucesso.

 

Lontra de Rio da América do Norte

Lontra do rio

sandiegozoo

Esta lontra pouco usual está relacionada com os elefantes, ainda que de modo distante, o que explica os dentes que lembram presas. Consideradas agressivas, estão em risco de extinção. 

Balaeniceps rex

Balaeniceps rex

 kt0me / Reddit Olaf Oliviero Riemer / Wikimedia Commons

Este pássaro estranho tem muitos nomes, mas em algumas línguas o seu nome apenas significa “um pássaro com cabeça tipo sapato”. Em outras línguas é chamado “o pássaro com cabeça de baleia”. Bem, a natureza estava a descansar quando criou este tipo de pássaros, com certeza.

Spectacled Eider

Spectacled Eider

 Olaf Oliviero Riemer / Wikimedia Commons

Esta é uma espécie de pato que habita o Alasca e a Sibéria. A aparência brilhante é uma característica prejudicial para a ave porque os seus predadores podem vê-lo a grandes distâncias. No entanto, eles sentem-se bastante confortáveis e aumentam a sua população.

Saguinus Oedipus

Saguinus Oedipus

 Quartl / Wikimedia Commons

Não existe nenhum nome comum para este animal tão raro. Uma característica importante que eles revelam é a maneira como afugentam os inimigos. Uma vez que se sintam em perigo, eles esticam a sua cauda e mostram tudo o que têm por baixo.

Indri

Indri

 Pierre-Yves Babelon / Getty Images

Indri indri, também chamado babakoto, é o maior dos lémures de Madagáscar. É muito estranho que quase metade da população de adultos morra por cair das árvores.

Lémure de Trufa Vermelha

Lémure de Trufa Vermelha

 Charles J Sharp / Wikimedia Commons

O lémure de trufa vermelha, também chamado Varecia rubra, apenas se encontra num habitat – Madagáscar. É muito raro e, atualmente, a espécie está a ser considerada extinta. No entanto, estes animais são bastante amistosos, por isso os visitantes da ilha ainda os conseguem ver.

Sapo Tomate Vermelho

Sapo Tomate Vermelho

 David Parsons / Getty Images

O enorme sapo tomate vermelho selvagem é um perigo real para os que o rodeiam. Estes sapos não são raros em Madagáscar. A soberba característica que ele revela é a possibilidade de produzir um veneno especial na sua pele – o veneno é tipo uma cola e consegue colar os lábios de qualquer predador ou vítima.  

Galo Andino da Rocha

Galo Andino da Rocha

sandiegozoo

O galo andino da rocha é mais conhecido como a ave nacional do Perú, e este é o único país onde ela pode ser encontrada. É muito brilhante e vistosa e há poucos predadores que tentem caçá-las.

Gharial

Gharial

 wrangel / Getty Images

Gharial, ou oficialmente Gavialis gangeticus, é um tipo único de crocodilo com extraordinárias características físicas. Apresenta mandíbulas bastante compridas com grande quantidade de dentes. Não obstante, as suas mandíbulas não são muito fortes, pelo que não representam grande perigo para as pessoas.

Lagartixa Satânica com Cauda de Folha

Lagartixa Satânica com Cauda de Folha

 reptiles4all / Getty Images

Estas lagartixas habitam em Madagáscar e são bastante raras em outros lugares. Habitualmente comem insetos, mas por vezes estes animais podem também comer lagartos do seu tamanho. Devido à sua aparência assustadora, a lagartixa foi chamada “satânica”.

Ectophylla alba

Ectophylla alba

 Geoff Gallice / Wikimedia Commons

A ectophylla alba não tem cauda. Por isso, torna-se difícil voar, andar e até sentar-se, porque o animal não se sente equilibrado. Este morcego branco também apresenta características que os zoólogos ainda não entenderam para que servem.

Tridacna

Tridacna

 Ewa Barska / Wikimedia Commons

A tridacna pode viver até aos 200 anos. Vive em regiões tropicais do Pacífico e no Oceano Índico. Para as pessoas ela é bastante perigosa, devido ao tipo especial de veneno paralisante que consegue produzir. No entanto são muito bonitas.

O Pássaro Chapéu de Chuva de Bico Longo

O Pássaro Chapéu de Chuva de Bico Longo

ilcp_photographers

O pássaro chapéu de chuva de bico longo (Cephalopterus penduliger) habita as florestas húmidas da América do Sul. É uma ave muito difícil de ver, porque é muito cautelosa. Uma vez que pressinta ou veja estranhos, silenciosamente voa para longe.

Macaco De Brazza

Macaco De Brazza

 Steve Wilson / Wikimedia Commons

Os macacos De Brazza encontram-se pelos pântanos, florestas de bamboo e nas florestas das montanhas secas de Angola, Camarões e República Centro Africana. Os macacos preferem vegetação e florestas densas, apenas se aventurando em espaços mais abertos em busca de alimento.

Achrioptera fallax

Achrioptera fallax

 Drägüs / Wikimedia Commons

O achrioptera fallax é um animal que pode ser muito perigoso para um humano, porque ele não o vai ver. O animal parece um pau e pode fazer de conta que está morto para atacar. Os machos são particularmente bonitos devido à sua coloração diversificada.

Lémure Von der Deckens

Lémure Von der Deckens

 Heinonlein / Wikimedia Commons

O lémure Von der Deckens tem o mesmo exato comprimento de corpo e de cauda. Não é um animal comum, uma vez que parece que foi desenhado por um bebé e depois tornado real pela mãe natureza. O seu habitat natural fica no oeste de Madagáscar.

Víbora Árabe com Chifres

Víbora Árabe com Chifres

 Sari Barazi / Wikimedia Commons

A víbora árabe com chifres, também conhecida como víbora cornuda do deserto, é um animal histórico que ainda sobrevive em desertos do Irão, Iraque e Israel. Esta víbora é muito perigosa e tem reputação de ser uma assassina silenciosa. O seu veneno atua extremamente rápido e é letal.

Unicórnio katydid

Unicórnio katydid

 joelsartore / Instagram

Este inseto verde brilhante é um unicórnio katydid do Instituto Audubon. O Insectário tem vindo a empenhar-se para criar, com sucesso, unicórnios katydid em cativeiro, desde que abriram as portas, há pouco mais de dez anos.

Macaco Preto de Nariz Arrebitado

Macaco Preto de Nariz Arrebitado

 Richard McManus / Getty Images

O macaco preto de nariz arrebitado (Rhinopithecus bieti), também conhecido como o macaco Yunnan de nariz arrebitado, é uma espécie em vias de extinção. Existem apenas cerca de 1700 exemplares restantes desta espécie no Noroeste de Yunnan e no Tibete.

Barbet Africano

Barbet Africano

biacaip

Estes pássaros esquisitos vivem em todo o mundo, em florestas tropicais, mas não é fácil que sejam vistos, durante o dia, por turistas interessados. A espécie também é conhecida por barbet barbudo por terem uma barbicha bastante grande, a qual, na realidade, lhes dificulta o ato de comer. Os barbets normalmente comem fruta, apesar dos pássaros mais jovens serem também alimentados com insetos.

Tartaruga Estrela da Índia

Tartaruga Estrela da Índia

animalplanet

Olha só para esta pequena tartaruga! Como as tartarugas Estrela da Índia vivem em climas quentes, elas passam a maior parte do seu dia à sombra na sua concha. Mas ao escurecer e de madrugada estão totalmente ativas. A cor invulgar das suas conchas dificulta-lhes a sobrevivência porque, durante muitos anos, o homem caçou estas tartarugas. Agora estão protegidas por lei.

Macaco Barulhento

Macaco Barulhento

animalplanet

Os macacos barulhentos são os mais ruidosos de todos os macacos! Eles gritam para que os outros saibam que aquele é o seu território, alertando potenciais invasores para que se mantenham longe. Os gritos soam como um uivar intenso ou um rugido. Quando um grupo de uivadores chama, outro grupo responde. Conversa e conversa!

Viscacha da Montanha

Viscacha da Montanha

pinterest

Este viscasha vive na Argentina, Bolívia e Perú. Estes animais são coloniais e vivem em pequenos grupos, o que os ajuda a proteger-se contra predadores. O animal é bastante estranho e muito lento. Parece também que está sempre a dormir. Por isto, os cientistas têm vindo a discutir sobre o modo de sobrevivência deste roedor ao longo de todos estes anos.

Caneta do Mar (Pennatulacea)

Caneta do Mar (Pennatulacea)

 JodiJacobson / Getty Images

Existem catorze famílias de Canetas do Mar, mas esta é a mais incomum, bem como estranha. Vive junto aos corais e torna-se mesmo parte deles. Os mergulhadores há muito tempo que acreditam que estes são tipos de coral, mas, na realidade, são criaturas vivas que pretendem fazer-se passar por folhas subaquáticas.

Gado Watussi

Gado Watussi

 minka2507 / Pixabay

Estas vacas têm uns cornos que parecem bem perigosos. Mas, afinal, as Watussi usam os seus cornos para regular a temperatura, não para atacar. Estes animais são muito amistosos e nunca se mostram agressivos. Esta espécie também é conhecida como sendo uma das maiores, de entre as espécies de gado doméstico.

A Grandiosa Galinha da Pradaria

A Grandiosa Galinha da Pradaria

bbcearth

A grandiosa galinha da pradaria é um membro da família dos galos bravos. Em tempos, era comum ver-se pela América do Norte, mas atualmente tornou-se raro encontrá-las devido à caça excessiva destes animais e à perda de habitats naturais. Comem essencialmente sementes e fruta, mas também são conhecidas por comer insetos. O mais interessante é a sua aparência, que parece pouco usual para uma galinha! 

Cegonha de Bico Amarelo

Cegonha de Bico Amarelo

bbcearth

Por vezes chamada cegonha de madeira ou íbis de madeira, a cegonha de bico amarelo faz mais do que jus ao seu nome. A cor amarela forte dos seus bicos não se desenvolve até que sejam adultos maduros. Este pássaro africano é visto, habitualmente, junto a zonas lodosas ou lagos de água pouco profunda, onde se alimentam de pequenos peixes de água doce.

Chapim-barbudo

Chapim-barbudo

bird_drangsland

O chapim-barbudo é um raro achado na Noruega. Eles esfregam as suas penas para produzir calor e parecer-se com fofas bolas de neve, quando têm frio. Noutras alturas estes pássaros parecem maravilhas. Eles são bem conhecidos na comunidade científica estudiosa das aves. Estes chapins são populares por apresentar um “bigode” preto. Esta espécie acasala para toda a vida.

Faisão Dourado

Faisão Dourado

 Bjørn Christian Tørrissen / Wikimedia Commons

Estes pássaros são também conhecidos como faisões chineses, mas o seu nome original e oficial é faisão dourado. São nativos de áreas florestais do oeste da China, mas pequenos grupos populacionais desta espécie podem ser encontrados em diferentes continentes. Estas aves não são muito raras, mas não é comum encontrá-las em ambiente selvagem porque elas fogem de qualquer ruído estranho.